terça-feira, 7 de junho de 2011

Somos?

Somos pessoas geradas no útero da Modernidade? E como em todo nascimento não se pede pra nascer, assim somos?
Somos o que somos porque assim nos fizeram? Para romper com essa condição imposta precisa saber o que se é.
Somos ocidentalizados!

Ler sobre a Modernidade (o que é muito difícil) nos dá alguma idéia de como nos alienaram de nós mesmos nos impondo padrões de vida que não alimenta a nossa necessidade de Beleza e sim apenas de Utilidade!
A vida se nos tornou apenas utilitária e não a simples possibilidade de desfrutar o existir por existir, sem que se torne  útil ao quê e a quem quer que seja!
Para Deus somos inúteis, porque querer a todo custo sermos úteis num sistema que des-humaniza o humano (não percebido) que somos?

A Modernidade é um dragão que devora a nossa alma roubando-nos o tempo e nos dando sem medida um espaço no qual para preenchê-lo não temos o tempo já indisponível? Quem lê?  Quem ouve música?  Quem admira um quadro? Quem de fato conversa? Sem que tudo isso não entre numa linha de produção medindo resultados de desempenho  pessoal  que nos reduz a uns  objetos de um sistema maior que exaure nosso espaço e esgota nosso sagrado tempo de ser...? A Modernidade não é de toda má. Trouxe algumas facilidades. Nós também comemos da sua maldade.
Qual o bem que nele não esteja embutido o seu reverso?
Não há cura, e sim possibilidade de conhecimento. Será? Serei?

Mano, leia por amor ao conhecimento e descoberta de si mesmo, ouça os acordes de uma obra de arte que não se curva ao Mercado, admire um quadro, uma pintura,  por amar a sensibilidade que abre a percepção de desfrutar a genialidade e a angústia de uma criação que permite perceber o divino na produção humana. Só por isso.
Quem se arrisca?


Um abraço... Com um tempo a - moderno.


Adilson Mendes de Oliveira


1 comentários:

Pensador disse...

O Adilson é uma das pessoas que conheço, que me inspira a conhecer mais de Deus e da vida. Ele é o meu amigo, pastor, profeta e o maluco mais sério que já conheci. leiam e desfrute!

Postar um comentário

Olá! Agradecemos por ler nosso blog.
Deixe seu comentário!